Ganda Ordinarice

Desabafo bem intencionado e imagético sobre o Salão Erótico de Lisboa.

sexta-feira, setembro 01, 2006

Jameson, com duas pedras de gelo





Jameson é nome de whisky irlandês. Whiskey, como eles dizem.
Não sou grande fã de whisky, mas Jameson é dos meus favoritos.
E Jameson (Jenna) das minhas favoritas.
Gosto de louras. Não é segredo nenhum.
Esta loura é um caso muito sério no mundo da pornografia. Por isso mesmo, a D.Quixote avançou para a edição de “Como...fazer amor como uma estrela porno, uma história exemplar”.
Versão não censurada, diz na capa. Autora: Jenna Jameson, com Neil Strauss. Presume-se que o cavalheiro saiba escrever direito por linhas tortas, em valsas de revisor e escritor. Depois de “The Dirt” com Motley Crue, ou “The long hard road out of Hell”, com Marilyn Manson. Coisas sossegadas, portanto, tendo em conta que o senhor escreve para o New York Times.
O livro foi apresentado no Salão Erótico por Mário Sena Lopes, editor de Actualidade:
“Este é uma história não romanesca, inteiramente baseada em factos da vida de uma mulher de negócios muito bem sucedida. Conta as transformações e contradições por que passou, o crescimento e as dificuldades que atravessou na sua vida. Vai agradar a vários tipos de leitor. Os libertinos lêem o livro com uma mão, porque a outra está ocupada. Noutros tempos, divulgar livros assim levava ao patíbulo”.
Mas os tempos mudaram e ainda bem.
Eu comprei o meu exemplar na FNAC de Santa Catarina, no Porto.
Por acaso ainda só espreitei. Mas vale sempre a pena, se a alma não é pequena. O livro é um “tijolinho” de meio-quilo, 27 euros e 593 páginas bem aviadas, se contarmos com o epílogo. O que é isso para a gente?
Nada. Esta é uma leitura leve.
Fala de uma gaja muito especial: Jameson.
Arrefeça-se a leitura com duas pedras de gelo.



0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial