Ganda Ordinarice

Desabafo bem intencionado e imagético sobre o Salão Erótico de Lisboa.

sexta-feira, setembro 01, 2006

Só falta o Johny Deep...




Senhoras e senhores, meninos e meninas, sejam muito bem-vindos à Private, marca pornograficamente reputada que leva mais de 30 anos ao serviço do respeitável público.
Este filme não vi. Chama-se “Robinson Crusoe on Sin Island”, que é como quem diz “Robinson Crusoe na Ilha do Pecado”. O folheto avisa que se trata de “piratas em paraíso sexual: uma lenda épica de xxx proporções”. Por xxx entenda-se desmesuradas e não uma saborosa incógnita matemática.
Não tem o Johny Depp, mas poderia ter o Johny Deep. Tem o Kevin Long (referência ao tamanho do sabre), o Lauro Giotto e o Philippe Dean, o Francesco Malcolm (italiano pequenito, mas de grande sarda e apetite), o George Uhl e o Horst Baron.
No que toca a meninas, apresenta a grande estrela checa Silvia Saint, que já está numa de reforma activa. Agora gosta mais de meninas e de brinquedinhos sexuais. Muito jogo, muito jogo, muito jogo, parece que se saturou de meninos. É uma menina de se lhe tirar o chapéu.
As outras não conheço: Lucy Love, Yvonne Peach, Yokasta, Angel Dark, Nikki Rider, Cynthia, Evelyn, Nikki Blon, Thalia e Jennifer.
Mas conheço o realizador: Alessandro del Mar.














The Korgis
“Everybody’s got to love sometime”:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial