Ganda Ordinarice

Desabafo bem intencionado e imagético sobre o Salão Erótico de Lisboa.

segunda-feira, junho 25, 2007

SAUDADINHAS DA SONIA, BABY?


Estava com saudadinhas da Sonia, baby? Ponto, não chora. O menino dá fotozinhas da Sonia à minha ursinha kida, tá bem?
O namoradinho góta muito da sua kidinha, não góta?
Góta, góta. Góta mêmo munto, munto, munto, assim...munto gande, munto gande...




(Todas as cartas de amor são ridículas)





Dick Hard --- Podias ter um texto melhor para isto.






Luís Graça --- Já estou todo estoirado e não me lembro que fotos são estas. Mas o pessoal também só quer ver os bonecos. A começar por um gajo que eu cá sei. O nome dele começa por A, depois tem um L, a seguir é um V, depois é mais um A, ainda dá tempo para ter um R e acaba com um O.





Mas não posso dizer quem é.



(E não disse. Falta o acento no primeiro A, não falta?)


Auto-publicidade Poético-erótica

5 Comentários:

  • Às 7:34 da manhã , Anonymous Luís Graça disse...

    Como os meus queridos leitores devem ter reparado, houve aqui um problema de discrepância entre as fotos e o pouco texto existente.
    Aquelas coisas designadas em televisão por "Pedimos desculpa por esta interrupção, o programa segue dentro de momentos".

    Ou o que acontece quando o pivot do Telejornal diz que vão entrar as imagens da crise na Nicarágua e aparece uma reportagem de artesanato em Fornos de Algodres. Mas não há crise.

    Assumimos a "Mea Culpa", pedimos desculpa e mendamos a mão. Coisa de trabalhar para o blog com uma directa em cima.

    Promessa Um: ainda vai haver muita foto da Sonia Baby. Se o Machado-Dias (director do BD Voyeur) assim entender, mesmo sequências enormes no número 3 do "BD Voyuer", que deve demorar alguns meses a sair. O 2 está para breve e tem reportagem do Salão Erótico de Bruxelas, se não me engano.

    Promessa 2: Podem comprar o número um do "BD Voyeur", em quiosques e livrarias, que tem a montagem do Machado com as minhas fotos do espectáculo do recorde da Sonia, o ano passado. Chama-se "A corrente escondida".O blogue Kuentro (um dos links deste meu blogue) tem proclamados ao vento os pontos de venda.

    Quando às fotos que saíram, eu digo já quem são os meninos e as meninas.

    A primeira é um "embrulhanço" no espaço da Melanie Moore. As meninas são a Aline (loura) e a Vicky Versace. Um dia destes voltaremos ao tema com sequência desenvolvida deste show lésbico, que meteu um espontâneo.

    O senhor sorridente atrás do balcão é o meu amigo do stand "Insinuate Benelux". Comprei lá este ano um dildo de cristal azul e branco, dois bullet RO-80mm Ammunition For Love, 100% prova d'água e mais uma cena qualquer.

    O bullet já foi experientado por uma amiga minha, juntamente com o dildo de cristal. Em simultâneo.
    A estúpida obrigou-me a ficar sentado a uns cinco metros e diminuiu a luz de forma a que eu não visse quase nada da situação.Ainda por cima escolheu uma música de merda para fazer ambiente.

    Protestei e ainda me insultou. E depois mandou-me embora de casa dela, que tinha de ir passear o cão para o Jardim da Estrela. Ainda perguntei quando saí: "Ao menos diz-me a nota que atribuis a isto...".

    Deu 18, mas não percebi se estava a gozar comigo, se era o dildo de cristal, se era o Bullet, se eram as duas coisas. E quando quis esclarecer a situação, o cabrão do Boxer atirou-se para cima de mim e deu-me uma lambidela no nariz. Queria brincar.
    Eu é que queria brincar com a dona, mas tive cá uma sorte que até fiquei eufórico até ao Natal...

    Depois também há uma foto do João Alves da Costa, perfeitamente reconhecível.

    A menina que está junto ao painel das fotos escolhidas, na penumba artística, é a Caylin Curtis, do stand do Pierre Woodman. Eu estava na conversa com o meu repórter fotográfico e ela pensou que nós queríamos tirar fotos. A miúda é mesmo querida. Um docinho.

    A outra menina que aparece deitada, de mascarilha, é a brasileira Romina. Também há-de haver fotos dela com a Cicciolina e uma jibóia. Ou pitão reticulado. Castanhinho. Era o povo todo atrás a tirar fotos.

    Agora vu postar o comentário e depois vejo se me esqueci de alguma foto. Volto já, no caso de me ter esquecido.

     
  • Às 7:40 da manhã , Anonymous Luís Graça disse...

    O post anterior tem umas gralhas, mas são evidentes. Escrevi mal "Voyeur" (assim é que está bem) e emendamos (escrevi mendamos). Não esperem que eu corrija cenas destas daqui para a frente, porque são evidentes. Estas corrijo porque já tinha de vir aqui a um novo post.

    Faltava dizer que o chaval que está comigo e com o João Alves da Costa é o Gimba, a mostrar um trabalho da Symba, a stripper pintora, que já apareceu em acção num post anterior.

     
  • Às 8:23 da manhã , Anonymous Luís Graça disse...

    Mais uma informação que faltava:
    a foto que se vê por trás da Caylan Curtis (comigo à direita da foto, a olhar para ela) é a primeira classificada no concurso de fotos eróticas.
    Agora não me lembro do nome do vencedor e já andei 20 minutos à procura do press-release onde isso está.
    Façam-me um favor. Vão ao post em que falo de arte e aparece a foto da menina de torso nu e de gravata à Boavista. Estão lá os nomes dos primeiros classificados. Ou colocados, como eles disseram.

    E desculpem lá o mau jeito, mas é que ainda não comi nada sólido desde que acordei. Dormi das 3 da manhã às 15 horas, para recuperar os sonos em atraso destes últimos quatro dias.

    E só fui à retrete. Tenho estado sempre aqui às voltas com respostas ao Hotmail e com comentários no Ganda Ordinarice.Alternando Dan-Up (já foram 3)e Coca-Cola (desta vez light, Zero e sem cafeína, já não preciso de me manter acordado).

    Agora deixem-me ir nadar um bocadinho para o Holmes Place. Para ver se consigo estar em casa pelas 23 horas, para almoçar, enquanto vejo a única série de TV que não quero mesmo perder: "Roma".

    Aviso ao público: a RTP2 repete às quintas, para quem perder à segunda. E aquilo costuma ser quase absolutamente pontual. Costuma começar entre as 23 e as 23 e 10.

    Entre nunca mais ir ao Salão Erótico e perder a série Roma, a escolha era simples: que se lixe o Salão Erótico.

    Lá para a meia-noite e tal conto começar a escrever o meu "Dickatorial", o meu primeiro balanço ao Salão Erótico. Seguido de um post sobre o stand da "Dominium" (onde estive a dar autógrafos) e o número um da sua revista.

    Mas antes de mais quero deixar aqui todo o meu apreço pela extraordinária generosidade humana de que deram mostras, apesar de nos conhecermos há pouquissímo tempo.

    Não aceitaram a mínima percentagem dos livros que estive a vender no Salão, no stand deles. Concederam-me as maiores facilidades, divulgaram o melhor possível os meus livros, deram-me a escolher o horário dos autógrafos.

    Claro que tudo isto pode fazer parte de uma estratégia para ganharem a minha confiança. E num dia destes raptarem-me para um descampado e...

    (Continua nos próximos capítulos)

     
  • Às 11:37 da manhã , Blogger jocasipe disse...

    hummmmm.

     
  • Às 5:25 da tarde , Anonymous Luís Graça disse...

    A 5 de Maio andei a tirar fotografias à torre do blogue deste visitante, por onde passeavam as aves e ameaçava chuva.

    Eu explico aos leitores. O nome do blogue é "Castelo de Beja" e eu fiquei deslumbrado com a torre mais alta. Bati logo um boneco.

    Andava em visita guiada pelo Paulo Monteiro aos núcleos de exposições do Festival de BD de Beja. À noite fui viistar uma amiga a um stand de chás (Il mondo di thé) da Ovibeja. No regresso perdi-me e praguejei muito. Dormi a correr e no outro dia apanhei a camioneta com o meu amigo Rui Brito e assistimos à final do Estoril Open.

    Caro visitante: também adoro corridas, mas a Fórmula Um já me chateia. Já não acordo para ver a Fórmula Um. Agora vejo Moto GP e torço pelo Rossi. O meu ídolo automobilístico é o Jacky Ickx. Nas preferências musicais é que estamos um bocado desfasados. Já vou a caminho dos 50...

    Mas o "Blade Runner" é dos meus filmes de culto. É de tentar por todos os meios ver outro do Riddley Scott: "O Duelo", tirado de um conto do Joseph Konrad.

    Abraços para Beja. Por acaso, no clube de Strip "Maybe", em Abril, encontrei um senhor lá da terra que era muito amigo de um emérito jornalista bejense, já falecido (José Moedas, carteira profissional número 5 à altura), com quem tive o prazer de efectuar a cobertura da Volta ao Alentejo de 88, para a Gazeta dos Desportos.

    Não posso dar opinião sobre o blogue que daqui a três horas tenho de acompanhar o meu pai a uma consulta e ontem já fiz directa a escrever para o blogue.

    Uma vez vi um Atlético--Desportivo de Beja (na Tapadinha) que foi um espectáculo de acontecimento humano. O treinador era o Coentro Faria.

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial