Ganda Ordinarice

Desabafo bem intencionado e imagético sobre o Salão Erótico de Lisboa.

quinta-feira, julho 05, 2007

ENFIARAM O CARRUÇO À CICCIOLINA



O Rui Carruço é casado, tem um filho e esteve a jogar matraquilhos comigo no casamento do pintor Henrique Tigo, filho do mestre H. Mourato, artista multifacetado e consagrado recentemente com os 60 anos de idade e 40 de carreira. Dediquei-lhe um poema no “De boas erecções está o Inferno cheio”, escrito em 20 minutos, enquanto olhava para uma das suas belíssimas telas na Estrada de Benfica, numa das dependências do Museu República e Resistência.

O que têm em comum os três artistas? Simples: já declamei os meus poemas em inaugurações de exposições dos três. Da última vez o Tigo até filmou em vídeo. E insistiu em que eu só declamasse dos poemas ordinários, para não estragar a sessão. Enfim, muito já ouviram as paredes lá do Museu República e Resistência, pequeno edifício branco com sabor a greco-romano (pela fachada).

O Rui Carruço já o ano passado teve as suas pinturas expostas na zona dos artistas. Este ano, o corredor de acesso à zona das Mulheres estava recheado das suas colagens. E foi uma delas que o artista teve a amabilidade de oferecer à Cicciolina, que depois lhe meteu o microfone à frente e o instou a dizer breves palavras, sob o olhar de um porradão de malta.

O António Costa (meu companheiro do Ganda Ordinarice) e o Henrique Tigo (meu companheiro de ordinarices) andavam por lá de máquinas em punho e registaram o momento para a posteridade.



Só falta aconselhar os leitores a darem um pulinho electrónico a www.carruco.com. Vão ver que vale a pena. Já vos tinha aconselhado anteriormente, mas o Carruço ainda não tinha dado nenhuma obra à Cicciolina. Pode ser que agora me levem a sério. É que não custa mesmo nada activar o slide show e apreciar o talento, que não é pouco, deste artista que leva meia-dúzia de anos de pintura mas já reflecte uma voz imagética, um universo próprio e uma indiscutível segurança.

(Ó Carruço, tu é que sabes. Podes transferir a verba combinada para o meu NIB ou dar-me o cheque depois. Podes dar ao Tigo, que eu confio nele. Não dês ao Mestre Mourato, que ele vai logo gastar em tintas).





Auto-publicidade Poético-erótica

2 Comentários:

  • Às 3:12 da manhã , Anonymous Anónimo disse...

    "Podes dar ao Tigo, que eu confio nele."
    ahhhh....confias assim tanto Luís?! ;/

     
  • Às 5:37 da manhã , Anonymous Luís Graça disse...

    É tudo uma questão de analisar o contexto.

    De resto, quanto a Salões Eróticos, acabou a primiera fornada, com a visita a Gondomar.

    Este ano, nem Lisboa (após 3 edições), nem Portimão, nem Barcelona. Após 16 edições, o FICEB mudou para Madrid.

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial