Ganda Ordinarice

Desabafo bem intencionado e imagético sobre o Salão Erótico de Lisboa.

terça-feira, julho 10, 2007

SORTIDO FINO, UNS BISCOITINHOS,UMAS GULODICES E A SONIA BABY A DAR BANDEIRA

Muito já se disse sobre o III SIEL (Salão Internacional Erótico de Lisboa). Muito mais ficou por dizer neste blogue.

Eu até já estou com a cabecinha em Portimão, onde vai decorrer o primeiro Salão Erótico da cidade, entre 24 e 26 de Agosto. Agosto inclusive. Não digo que estou com a cabecinha em Portimão no sentido físico. Para isso tinha de ser o Nando Rico (ver o post sobre o sardão dele) que tem um instrumento que vai de Lisboa ao Cabo Bojador, dá a volta na Rotunda ao pé dos correios e termina junto ao pódio onde a Vanessa Fernandes está a receber o prémio de mais uma vitória.

Porra que até já chateia. Não dá para ver triatlo feminino. Já se sabe quem vai ganhar antes mesmo da prova começar. O pai Venceslau ainda era um homem com um certo sentido de vergonha. Era candidato muitas vezes, mas não ganhava sempre, que é uma coisa que tira o interesse todo ao desporto. É muito importante que haja incerteza no resultado.

Tantos e tantos “carolas” que se andaram a esforçar por promover a modalidade em Portugal ao longo dos anos e agora vem uma miúda trinca-espinhas e estraga o trabalho de anos em meia-dúzia de provas. É uma vergonha. Por acaso o José Manuel Meirim ainda não escreveu sobre isto no PÚBLICO. Ou o Freitas Wolf, que é muito entendido em tárticas e extra-téjicas, ou seja, em tácticas que envolvem alimentação dos atletas à base de tartes; e processos de treino que não passam pelo prática de remo, canoagem ou vela no Rio Tejo.

(Dick Hard --- Vais meter as fotos das gajas ou não?
Luís Graça --- Estás com pressa, vai andando.
Dick Hard --- Já estiveste mais longe de levar.
Luís Graça --- Continua assim, apanho-te a dormir e serro-te os cornos.
Dick Hard --- Estás armado em Dalila do serrote?
Luís Graça --- Porquê? Estás convencido que és um Sansão que tem a força nos cornos?

Dick Hard --- Bem, metes as fotos das gajas ou não?

Luís Graça --- Que chato, pá. Meto, pronto! Posso fazer as legendas, ao menos?

Dick Hard --- Faz o que quiseres. Eu nem leio as legendas. Sou como o arquitecto A. Santos de Wall Street)

(Esta poucos percebem, mas é mesmo assim. Quem quiser tentar adivinhar pode postar um comentário, que eu não dou prémio absolutamente nenhum)

Tanta conversa para mais um espectáculo da Sonia Baby. Ó Sonia, porque é que dás tanta bandeira?


Vieste vestidinha de forma espectacular, dançaste, encantaste, chamaste ao palco dois voluntários, começaste a tirar bandeirinhas do sítio que a gente sabe, usaste os senhores como cabide dentário e foste dando novos mundos ao mundo, bandeirísticamente falando. Tens de ir à Casa das Bandeiras, na rua Barros Queiroz, ao pé do restaurante “A Berlenga”, onde se realizou o 22º aniversário da Tertúlia Banda Desenhada de Lisboa.

E olha que não fizeste a festa por menos de umas 60 bandeiras, de montes de países. Até havia lá a bandeira do Alentejo, da Cedofeita e da Lapa.

Já se sabe que há sempre invejosos que te querem ver falhar e meter água. Aqueles que te queriam ver falhar não tiveram sorte nenhuma. Quanto ao resto, eu estava na primeira fila a ver-te meter água. No sítio que a gente sabe. Garrafitas de 75. O que é isso para a gente?

Eu por acaso mergulhei a tempo e safei-me, quando disparaste à meia-volta, tipo Yazalde ou James Bond, com as bisnagas vira-bicos.


E como já te tinha visto o ano passado, brilhei a grande altura, contando o filme aos curiosos da primeira fila. Os homens viram que eu era mesmo bom. Quando lhes disse que este blogue tinha fotos do ano passado e deste ano e lhes comecei a distribuir flyers era vê-los de braço no ar. Por um momento senti-me como Aníbal Chaval City, o homem que nunca se encalha e raramente tem dívidas.



Como dizem quase todos os stand-up performers pelos palcos deste país:


Ó meu amigos, aquilo é que foi!








Auto-publicidade Poético-erótica

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial